Tá com medo? (Mudanças no Roteiro na Segunda Etapa)

Olá pessoal, após um longo período sem publicarmos os andamentos de nossa aventura, por motivos além de nossa vontade, retornamos com uma proposta de alteração para a segunda etapa da viagem, tornando-a finalmente, mais radical e desafiadora. Sugerimos a leitura do post “Roteiro de Viagem – Segunda Etapa” para contextualização.

Continuaremos com o descanso em São Lourenço, para digerir o churrasco de cordeiro e curar a ressaca, passaremos pelo extremo sul do Brasil e seguiremos no primeiro dia em direção ao Uruguai, mais especificamente, à Punta del Este, 540 km (ponto C da imagem – parte 1). O cassino ainda está em nossos planos.

Roteiro de Viagem - Segunda Etapa Parte I

Roteiro de Viagem – Segunda Etapa Parte I

Montevideo ainda é o destino no segundo dia, à 140 km (ponto D da imagem – parte 1) e em seguida para Buenos Aires – Argentina, a 180 km. A travessia até a capital argentina permanece ainda de balsa (ponto A da imagem – parte 2) com a previsão de chegarmos à noite.

Roteiro de Viagem - Segunda Etapa Parte II

Roteiro de Viagem – Segunda Etapa Parte II

Nosso terceiro dia será para conhecer Buenos Aires e no quarto partiremos para em direção à Villa Mercedes em Córdoba, via Ruta 7, num total de 700 km (ponto azul – parte 2). Então, neste momento, teremos o início da grande mudança nos planos, prevista para o quinto dia quando chegaremos à Mendoza, 350 km (ponto B da imagem – parte 3). Após passarmos a noite, vamos sair cedo pra rumo a La Serena – Chile. No sexto dia pretendemos chegar a San José de Jachal – 340 KM (ponto D da imagem – parte 3). Neste trecho iremos pegar a famosa “Ruta 40” onde após chegar à pequena cidade, iremos nos preparar para travessia no Paso de Água Negra (Ruta 150 – Argentina com Cerretera 41 – Chile). Certamente será o maior desafio até este ponto da viagem. Paso de Água Negra é um inóspito ponto de fronteira entre Argentina e Chile que chega a uma elevação aproximada de 4800 metros. A rota só fica disponível entre Dezembro e Abril, nos outros meses fica fechada por conta da neve. Os problemas previstos são altitude, autonomia, gelo na estrada e apoio para qualquer coisa, de água a primeiros socorros.

Segunda Etapa - Parte III - Alteração

Roteiro da Viagem – Segunda Etapa – Parte III – Alterada

Com a graça de Deus conseguiremos concluir a segunda etapa ainda em 11 dias, rodando os mesmos 2.300 km, com os 4.700 km no geral e concluindo o primeiro terço da viagem. Agora sim começamos a ter histórias de verdade pra contar, quer dizer, se nenhum dos motoqueiros ter receio da travessia do trecho desafiador.